Miso - Uma pasta japonesa | Blog BCooker's
BCooker'sum Blog saído da Caixa
16 novembro 2018

Miso - Uma pasta japonesa

Na cozinha

Miso - Uma pasta japonesa

O que é miso?

O miso é uma pasta de soja fermentada, produzida a partir de feijões de soja cozidos, que pode combinar outros cereais, tais como arroz e cevada. Depois da fermentação que ocorre através de um fungo chamado koji, os ingredientes são moídos, resultando numa pasta espessa e nutritiva com um sabor relativamente salgado. Os diferentes sabores de miso que existem, mais ou menos intensos, estão relacionados com o tempo de fermentação que pode ser de apenas algumas semanas ou anos.

 

Miso, quais os seus benefícios?

Apesar de ser um ingrediente tradicional da cozinha japonesa, e ser muito utilizado em outros países asiáticos, o miso tem conquistado cada vez mais adeptos no Ocidente, sobretudo devido aos benefícios que possui devido ao processo de fermentação a que é submetido:

  • tal como o kefir, o miso é um alimento vivo que contém bactérias (probióticos) e fermentos vivos muito benéficos para o equilíbrio da flora intestinal (cura, refaz e reforça)
  • contém ácido linoleico e lecitina que dissolvem o colesterol existente nos vasos sanguíneos
  • abre o apetite e estimula a digestão graças à sua riqueza em enzimas
  • o miso contém métionina, um elemento que é eficaz em desintoxicar toxinas derivadas de hábitos menos saudáveis, como tabaco e ingestão de álcool
  • desempenha um importante papel na manutenção e fortalecimento do sistema imunitário
  • o miso contém ácido cólico, que ajuda a eliminar elementos radioativos do organismo
  • fornece uma grande quantidade de proteínas vegetais de altíssima qualidade e é rico em fibras dietéticas

 

Por ser um alimento vivo, o miso perde propriedades quando submetido a altas temperaturas. É importante cozinhá-lo em lume brando ou adicioná-lo apenas no final dos cozinhados deixando fervilhar (sem ferver) durante 3 ou 4 minutos.

 

Tipos de Miso

Existem algumas variedades de miso, que variam na cor e na intensidade do sabor (os mais claros menos salgados e os mais escuros mais salgados), conforme os ingredientes utilizados e o tempo de fermentação. Os tipos de miso mais comuns são:

  • Miso de cevada (Mugi Miso): é obtido através de uma combinação de feijão de soja com cevada. É a variedade de miso que se encontra com maior facilidade e o mais conveniente para cozinhar no dia a dia. Tem um sabor adocicado e quente e uma cor castanho claro. Pode fermentar entre 10 a 20 dias ou 12 a 36 meses.
  • Miso de soja (Hatcho Miso): é feito exclusivamente com feijões de soja, tem uma consistência espessa e é a variedade cujo sabor é mais seco e intenso devido à sua fermentação mais lenta, entre 18 a 36 meses. Este miso é tradicionalmente utilizado em sopas.
  • Miso de arroz integral (Kome Miso): é obtido através de uma combinação de feijão de soja com arroz integral, tem uma textura mais leve e é o mais doce de todas as variedades de miso. As suas cores podem variar entre o branco (fermentação de 1 a 4 semanas), o amarelo (fermentação de 12 a 14 meses) e o vermelho escuro (fermentação de 6 a 12 meses).

 

Sopa Miso

Enquanto pasta, o miso pode ser usado de diferentes maneiras para conferir sabor e textura em diferentes receitas, mas uma das utilizações mais comuns é a sopa miso que, além de deliciosa, é muito saciante e repleta de benefícios para a saúde.

 

Sopa Miso - Benefícios

Por ser depurativa e desintoxicante, a sopa miso é excelente para reequilibrar o organismo. É rica em enzimas vivas, isoflavonas, saponinas, cálcio, aminoácidos essenciais e vitaminas do complexo B. Para além disso a alga wakamé, que por tradição é utilizada na sopa miso tem um composto denominado fucoxantina que tem efeito sobre a gordura abdominal, ajudando na redução da mesma.

 

Sopa Miso - Ingredientes

Uma sopa miso básica, para além do miso deve levar alga wakamé e mais um ou dois legumes à escolha (cenoura, alho-francês, nabo, cebola, rabanetes, couve, etc.). Se quiser uma sopa miso mais rica, pode acrescentar outros ingredientes como tofu, peixe, cogumelos, cebolinho, gengibre... o que a sua imaginação permitir.

 

Fontes: Centro Vegetariano | Instituto Macrobiótico de Portugal Nutrição Integrativa

Não perca tempo.
Não perca tempo.
BCook ou BCook Express
  • Receitas saudáveis e equilibradas
  • Confeção rápida e simples
  • Entregue à sua porta

Só falta mesmo escolher.

Madeira Região Madeira Portugal 2020 UE EasyPay